Pela defesa do respeito à liberdade

ARTIGOS

Publicações • Pesquisas • CCR na mídia

Artigos de Fátima Oliveira

Fátima Oliveira
 
11/8/2011

 

• Saúde feminina e maternidade - 4 de maio de 201

• Saúde da Família ajuda a reduzir mortalidade infantil - 12 de setembro de 2007

• Bebê anencéfala será ícone em ato contra o aborto - 22 de março de 2007 

O canto do cisne do PL nº 1.135/1991? -  Dezembro de 2007

 Antes tarde do que nunca! - Outubro de 2007

A imortalidade de Zumbi e a insanidade do racismo  - Novembro de 2007

É prestar atenção na vitória de Pirro da Rede Cegonha

Afinal, o que quer o governo com a saúde da mulher? Seis meses já se foram e ainda não atinei para onde o governo quer ir. Nessa toada, nos restará chorar o leite derramado e as pitangas também? E, no frigir dos ovos, as perdas políticas, que ferem as lógicas republicana e democrática, serão incomensuráveis? 

Leia mais [+]

Entre "Miss" e toalhinhas arrematadas em "ponto Paris"

Pense numa doidice: nas meninas, o negócio é retardar um rito de passagem, a menarca, a primeira menstruação; nas jovens, suprimir o ciclo menstrual; e, nas climatéricas, mantê-lo ad infinitum, como signo da eterna juventude! Falo de lucrativos negócios da indústria farmacêutica, nada saudáveis. Iatrogenia, talvez. Sabe-se o lugar da menstruação, desnecessária na maioria dos mamíferos, na procriação humana. Ignora-se por que as mulheres menstruam. A menopausa foi confirmada apenas em elefantas, baleias jorobadas e mulheres! O curto ciclo de vida e a teoria do envelhecimento de Medawar não respondem.

Fátima Oliveira,
Médica, membro do Conselho Diretor da CCR

Leia mais [+]

Myrian Rios e sua visão de dupla moral sobre a pedofilia  

Missionária da Canção Nova, comunidade católica de renovação carismática, a atriz e deputada estadual Myrian Rios (PDT-RJ), que é mineira, primou pela carolice exacerbada. Com seus melhores trejeitos de atriz, verbalizou: "Não poder discriminar homossexuais é abrir uma porta para a pedofilia" (23.6.2011). Ela tem todo o direito de professar a sua fé como desejar, desde que não cause danos a outrem e sem esquecer que as experiências do sagrado são diversas - nem todas atentam contra os direitos humanos - e que, em território brasileiro, nenhuma religião está acima da lei.

Leia mais [+]

A irreverente, descolada e necessária Marcha das Vadias

A Marcha das Vadias (SlutWalk) é a reedição da lendária Queima dos Sutiãs (Bra-Burning), após quase 43 anos, com o mesmo fim: visibilizar e escrachar o patriarcado em sua forma cotidiana e cruel - o machismo, esteio da violência contra a mulher?

Sim! A diferença é que a Queima dos Sutiãs original, a primeira, é lenda feminista deliciosa e incendiária, pois ela foi simbólica, tal qual a viúva Porcina, "a que foi sem nunca ter sido". De fato, não aconteceu! ...

Fátima Oliveira
Médica, membro do Conselho Diretor da CCR

 Leia mais [+]

 Quero o aconchego de uma República laica e nada mais

Difícil escolher o que escrever. A semana foi pauleira. Um respiro: "Papa fecha convento em que freiras dançavam em cerimônias". Calma, não era o que na ilha de São Luís chamam "chateau" (leia: chatô), vulgo "casa de sexo pago"! De alvíssaras, só que as "Ligações entre cidades vizinhas ficam mais baratas para 68 milhões de brasileiros". E muita sofrença:"Crescem os assassinatos no meio rural"...

Fátima Oliveira
Médica, membro do Conselho Diretor da CCR

 Leia mais [+]

 O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher vai calar?

 O que pensa sobre Roger Abdelmassih o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM)? Como cidadã, quero saber. O CNDM vai ou não exigir do governo as medidas cabíveis para proteger mulheres e homens nos processos de fertilização in vitro (FIV) e as crianças nascidas por tais meios? Ou o CNDM age agora ou feche a suas portas para sempre.

Fátima Oliveira,Médica, membro do Conselho Diretor da CCR

 Leia mais [+]

 O Rede Cegonha e a atenção integral à saúde da mulher

 Em 28 de março passado, a presidente Dilma Rousseff lançou, em Belo Horizonte, o Rede Cegonha, uma customização, sem os devidos créditos, de ações bem-sucedidas e em curso, como o Pacto Nacional de Combate à Morte Materna e Neonatal (2005), área de relevância da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM, 2003).

Fátima Oliveira,  Médica, membro do Conselho Diretor da CCR

 Leia mais [+]

8 de março é um marco da luta contra a opressão feminina

Reflexões sobre o centenário Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, o 8 de março, foi proposto em 1910, na 2ª Conferência Internacional de Mulheres Socialistas, em Copenhague, organizada por Clara Zétkin (1857-1933) e Rosa de Luxemburgo (1871-1919); compareceram delegadas de 16 países, representando cerca de 100 milhões de mulheres socialistas. Elas definiram a data como Dia Internacional da Mulher e reafirmaram as resoluções da 1ª Conferência, realizada em Stuttgart, na Alemanha, em 1903: igualdade de oportunidades para as mulheres no trabalho e na vida social e política; salário igual para trabalho igual; ajuda social para operárias e crianças; e intensificação da luta pelo voto feminino.

Fátima Oliveira,Médica, membro do Conselho Diretor da CCR
22/03/2011

 Leia mais [+]

O primeiro Dia Internacional da Mulher do governo Dilma

Não se concebe mais uma conferência atrás de outra.

Fátima Oliveira - O TEMPO, 01 de março de 2011

 Leia mais [+]

O bebê de proveta envolto ainda pelas neblinas de Siruiz

 

Parte substancial dos direitos reprodutivos está nas neblinas de Siruiz, caso do aborto e da geração do chamado "bebê de proveta", cada um com sua gama própria de questões morais, éticas, técnicas, religiosas e políticas. Relembro: Siruiz é um jagunço-poeta envolto em neblinas, donde brotam a canção de Siruiz, uma profecia da sina de Riobaldo, uma toada bela e muito estranha, que é um poema épico-lírico sobre um encontro inevitável e fatal, que emocionou Riobaldo: "Aquilo molhou minha ideia" ("Grande Sertão: Veredas", de Guimarães Rosa).

 

Fátima Oliveira , Médica e Membro do Conselho Diretor da CCR

 Leia mais [+]

As disputas ideológicas do governo Dilma estão na mesa 

 Elegemos uma presidente 78 anos após a conquista do voto feminino. A manchete do "The Independent" foi significativa: "Brasil elege Dilma Rousseff para ser a mulher mais poderosa do mundo" e justificou: "A taxa de crescimento do Brasil, rivalizando com a China, é algo que Europa e Washington podem apenas invejar". A matéria finaliza afirmando que a posse dela "Será uma celebração da decência política e do feminismo" (31.10).

Fátima Oliveira , Médica

Leia mais [+]

PERDI A PACIÊNCIA: QUERO A MINHA REPÚBLICA TERRENA DE VOLTA!
Mandaram pras cucuias a separação entre Igreja e Estado

Afinal, o que é República (do latim, res publica: coisa pública)? E a  
pauta de quem aspira governá-la? Parece óbvio que o debate eleitoral numa República (regime de governo) tem como eixo a defesa dos valores e dos princípios republicanos. Sob a democracia (regime político) nunca vi uma eleição para a Presidência da República tão carente de espírito republicano quanto a que está em curso. Alguém esqueceu que "isso aqui", o Brasil, é uma República?

Fátima Oliveira
Membro do conselho diretor da Comissao de Cidadania e Reprodução

Leia mais [+]

É possível uma ressonância magnética do aborto no Brasil?

Ressonância magnética é exame de imagem, como a abreugrafia (lembra?), a radiografia, a ultra-sonografia, a tomografia... A ressonância é imagem de última geração que capta e reproduz, tipo foto de grande resolução, o interior do corpo, evidenciando "lesões" mínimas com margem de segurança grande e valiosa para o diagnóstico, orientando com maior precisão a prevenção e o tratamento.

FÁTIMA OLIVEIRA,Médica,Membro do Conselho Diretor da CCR

Leia mais [+]

NÃO SERVE AO FEMINISMO TENTAR NIVELAR IDEOLOGIAS DÍSPARES 
Não voto em candidaturas antiaborcionistas e entendo que só merece ser eleito para o Executivo quem respeita a pluralidade de opiniões existente numa sociedade democrática e compreenda que as leis num Estado laico não podem seguir um caminho teocrático. Já escrevi que as eleições presidenciais de 2010 aportam uma novidade: é a primeira vez que a direita lodosa, casquenta, casqueira e intiqueira ficou "sem mel e sem cabaça" e não indicou nomes viáveis à Presidência da República.

FÁTIMA OLIVEIRA,Médica

Leia mais [+]

Caminhada Cultural pela Liberdade Religiosa e pela Paz

Para defender o exercício da liberdade religiosa; denunciar práticas criminosas movidas a intolerância religiosa - a maioria de conotações racistas -, e com a função pedagógica de difundir a tolerância religiosa: igualdade de respeito por quem professa ou não uma fé, em 13 de maio ocorrerá em Belo Horizonte a Caminhada Cultural pela Liberdade Religiosa e pela Paz, da praça Sete à praça Afonso Arinos, a partir das 14h. A data é significativa: dia da Abolição da Escravatura (1888) e Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo (1970).

Fatima Oliveira é médica e membro do conselho diretor da Comissão de Cidadania e Reprodução

Leia Mais [+]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Voltar

ASSUNTOS MAIS PROCURADOS

JUNTE-SE A NÓS

SAIBA MAIS